top of page

Você sabe a importância de uma boa nutrição?

No Dia Nacional da Saúde e da Nutrição, a Nutricionista Camila Daniela Ribeiro Oliver traz informações enriquecedoras sobre o assunto. Acompanhe!

 

A Nutrição faz parte da vida de todo ser humano e através da ingestão de alimentos saudáveis e funcionais, o corpo recebe os nutrientes, vitaminas e minerais necessários para manter o funcionamento adequado, inclusive prevenindo doenças como obesidade, anemia, diabetes, hipertensão, entre outras. Também há uma melhor resposta nos processos de cicatrização, pós-operatórios e redução de infecções quando uma pessoa está bem nutrida.




A prática da boa alimentação começa desde cedo e em cada fase da vida (criança, adolescente, adulto ou idoso), o ser humano possui diferentes necessidades nutricionais. Nos dias de hoje, a má alimentação e a falta de atividade física, vem fazendo com que haja um aumento do número de obesos e de doenças relacionadas ao aumento excessivo de peso. A adoção de uma nova postura, aliada a hábitos alimentares saudáveis e padronização dos níveis de atividade física, pode evitar fatores de risco na população. O consumo frequente de alimentos industrializados e calóricos como Fast- foods, refrigerantes, biscoitos recheados, dentre outros, associado a práticas como baixa ingestão de frutas, legumes e verduras, tornam-se prejudiciais a população, piorando ainda mais o quadro de doenças.

É importante lembrar que o efeito benéfico e terapêutico dos alimentos funcionais se anula quando o hábito alimentar é desequilibrado. Para isso podemos manter uma alimentação saudável incluindo nas refeições alimentos como frutas, verduras e legumes, cereais integrais, carnes magras, leite e derivados. Importante também ressaltar que faz parte de hábitos saudáveis, uma boa ingestão hídrica, principalmente nos dias mais quentes.

Talvez nem todos saibam, mas a nutrição também é um dos pilares fundamentais para a recuperação de pacientes hospitalizados. Um paciente bem nutrido acaba respondendo melhor ao tratamento de doenças e consequentemente, sua permanência no hospital acaba sendo por tempo menor.

Pacientes hospitalizados exigem uma atenção maior em relação ao seu estado nutricional. A desnutrição é um fator de risco em hospitais e

favorece o surgimento de outras complicações, aumentando assim o índice de mortalidade.

Apesar de nem todos os pacientes apresentarem no primeiro momento, um grau de desnutrição, com o tempo de internação prolongado, esse quadro pode se instalar e é aí que o trabalho da área de Nutrição faz a diferença. É comum que o paciente tenha perda de apetite devido aos medicamentos e ao próprio quadro da doença apresentada, por isso uma identificação rápida desses pacientes e o acompanhamento diário faz toda a diferença.



 



CAMILA DANIELA RIBEIRO OLIVER é Nutricionista (CRN: 11.648) atuante no Hospital Nossa Senhora da Piedade.

Commentaires


bottom of page