top of page

25/05 Dia da Tireoide: Consciência e Cuidado com a Saúde da Glândula



No dia 25 de maio, é dedicado a Tireoide, uma data dedicada à conscientização sobre a importância dessa glândula para nossa saúde e bem-estar. Neste artigo, vamos explorar a função da tireoide, os distúrbios mais comuns relacionados a ela e a importância da conscientização e cuidado com a saúde dessa glândula vital.

 

A Importância da Tireoide

A tireoide é uma glândula em forma de borboleta localizada na parte frontal do pescoço, logo abaixo do Pomo de Adão. Ela desempenha um papel fundamental na regulação de várias funções corporais, incluindo o metabolismo, a temperatura corporal, o crescimento e o desenvolvimento.

 

Doenças da Tireoide

Existem várias condições de saúde que podem afetar a tireoide, sendo as mais comuns:

 

Hipotireoidismo: Caracterizado pela produção insuficiente de hormônios tireoidianos, resultando em sintomas como fadiga, ganho de peso, pele seca, sensibilidade ao frio, constipação e depressão.

Hipertireoidismo: O oposto do hipotireoidismo, é causado pela produção excessiva de hormônios tireoidianos, levando a sintomas como perda de peso, aumento da frequência cardíaca, nervosismo, tremores, sudorese e fraqueza muscular.

Nódulos Tireoidianos: Massas anormais que se formam na tireoide, podendo ser benignas ou malignas. Geralmente são assintomáticos, mas podem causar dificuldade para engolir, dor no pescoço e alterações na voz.

Câncer de Tireoide: Embora seja menos comum, o câncer de tireoide pode ocorrer e geralmente é diagnosticado por meio de exames de imagem, como ultrassonografia e biópsia.

 

Sintomas

Alguns dos sintomas mais comuns de complicações na tireoide incluem:

 

  1. Fadiga persistente: Sentir-se constantemente cansado, mesmo após descanso adequado.

  2. Alterações de humor: Oscilações frequentes no humor, como irritabilidade, ansiedade, depressão ou nervosismo.

  3. Ganho ou perda de peso inexplicada: Mudanças significativas no peso corporal sem alterações na dieta ou no nível de atividade física.

  4. Intolerância ao calor ou frio: Sensibilidade extrema a temperaturas elevadas ou baixas.

  5. Batimentos cardíacos irregulares: Palpitações cardíacas, taquicardia ou batimentos cardíacos irregulares.

  6. Problemas digestivos: Constipação persistente, inchaço abdominal, desconforto ou dificuldade para engolir.

  7. Dor ou sensibilidade no pescoço: Desconforto, dor ou sensação de pressão na região do pescoço.

  8. Alterações na voz: Rouquidão, voz rouca ou alterações na tonalidade da voz.

  9. É importante notar que esses sintomas podem ser indicativos de outras condições de saúde além das complicações na tireoide.

 

Diagnóstico e Tratamento

O diagnóstico dos distúrbios da tireoide geralmente envolve exames de sangue para medir os níveis de hormônios tireoidianos, como T3, T4 e TSH (hormônio estimulante da tireoide). Dependendo do diagnóstico, o tratamento pode incluir:

 

Medicação: Para equilibrar os níveis hormonais da tireoide.

Cirurgia: Em casos de nódulos tireoidianos suspeitos de câncer ou hipertireoidismo grave.

Terapia com iodo radioativo: Para tratar o hipertireoidismo ou câncer de tireoide.

Monitoramento regular: Para acompanhar os níveis hormonais e o funcionamento da tireoide ao longo do tempo.


Conscientização e Cuidado

É fundamental aumentar a conscientização sobre os distúrbios da tireoide e incentivar as pessoas a procurarem ajuda médica se apresentarem sintomas relacionados a essa glândula. A detecção precoce e o tratamento adequado podem ajudar a prevenir complicações e melhorar a qualidade de vida para aqueles que vivem com distúrbios da tireoide.

Commentaires


bottom of page